os amigos, as coisas bonitas e o orgulho



























Oh Honey no Breyner85, fotografia da Su e edição do Fred.

Depois de ter começado a trabalhar aos fins-de-semana, aqueles em que o trabalho não me obrigam a ficar em casa são para aproveitar ao máximo. Aquilo que mais gosto de fazer é ir ali ao parque ou ao palácio, deitar-me na relva e não fazer nada a não ser fugir dos pavões quando estes macacos se atrevem a vir para muito perto de mim.
No fim-de-semana passado já houve um aniversário para nos arrastar uma tarde inteirinha para o parque da cidade, e depois de chegar a casa às 21h cheia de sono e de preguiça houve uma coisa que me arrastou do sofá para a rua mais uma vez, o Fred e mais uma coisa bonita que anda a fazer quando não faz fotografia, vídeos ou design.

Fomos ali ao Breyner 85 ver e ouvir os Oh Honey, pela primeira vez, e em modo intimista. Que o Fred canta bem já eu sabia mas isto é mais do que cantar ali uma músicas no youtube :p
A certa altura parecia uma irmã mais velha babada e emocionada por estar a gostar tanto de o ver em cima do palco a cantar coisas bonitas que dão vontade de pôr os pézinhos a mexer e cantar com eles (um dia quando eu souber as letras de cor...)
A maior das surpresas foi ver a Raquel ali ao lado a fazer parte do mesmo projecto. Canta bem que se farta e só de a ver abanar as ancas dá voltade de abanar as nossas também.

Estou feliz por estarem a fazer tudo isto, e estou feliz por ter amigos que me vão fazer companhia cá em casa! A banda está de parabéns e, por isso, despachem-se lá para podermos ter música disponível aqui deste lado.



1 comentário: