às coisas boas

Hoje, apesar de o tempo para aqui escrever não ser muito, quero mesmo dizer um obrigada às coisas boas que me vão acontecendo e às pessoas boas que vão estando comigo. A vida consegue ser uma coisa mesmo fixe e eu, apesar de andar sempre ora cheia de energia ora a tender para a depressão (sim, tudo isto no mesmo dia, o namorado que o diga), estou cheia de vontade de fazer coisas e até já começo a planear 2014. O meu lado de velhota também vai pedindo saúdinha a todos os santinhos porque sem ela meus amigos, nada feito.

O we blog you, o meu mais novo, está cada vez com mais trabalho, a ocupar-nos cada vez mais tempo e mais espaço no coração. Muitas vezes penso na sorte que tive com o sócio. O sócio que me faz arrebitar nos dias menos bons, o sócio que me faz fazer coisas que nunca pensei vir a fazer  e que me deixa cada vez mais com a certeza que para fazer isto não haveria pessoa melhor. Depois também vão aumentando as chamadas "parcerias" que eu, pessoalmente, acho uma palavra um tanto ou quanto feia tendo em conta aquilo que de facto têm significado para nós.

Do outro lado vamos mantendo a informação actualizada. Aqui as coisas vão acontecendo mais lentamente apesar de eu ter vontade de escrever sobre mil e uma coisas e ficar danada quando percebo que os dias vão passando e eu deixo de o fazer.

Em cima, mais um dia de trabalho. Eu e o Fred fomos ver a apanha da maçã  e este dia fez-me pensar na sorte que temos e na grande volta que a nossa vida deu, quase assim, sem darmos conta.
Entrem em Setembro cheios de boa energia e percam tempo, muito tempo, a fazer aquilo que gostam!

Sem comentários:

Enviar um comentário